Nódulo na tireóide

Guia gratuito sobre essa doença - Entenda como é o diagnóstico e tratamento!

Descobriu um nódulo na tireóide ou já faz acompanhamento mas quer entender essa doença?

Saiba que você não está só. Pelo contrário, essa doença é extremamente comum!

Fiz esse ebook para te ajudar a entender melhor o tratamento dessa doença!

Receba o ebook GRATUITO!
50% Completo

Você está quase lá! Adicione seu email para receber o Ebook!

Baixe gratuitamente o seu Guia sobre Nódulos Tireoidianos!

Também odeio spam, não irei te enviar emails desnecessários

O que você vai aprender nesse livro:

  • O que são os nódulos na tireóide?
  • Quais são os sintomas dos nódulos?
  • Exames complementares
  • Ultrassom dos nódulos
  • PAAF – puncão da tireóide – quem precisa?
  • PAAF – como é feito esse exame?
  • PAAF – possíveis resultados
  • Quem vai precisar de cirurgia?
  • Câncer de tireoide

 

Principais dúvidas sobre os Nódulos da tireóide

O que são nódulos tireoidianos?

Os nódulos tireoideanos são lesões (caroços) que aparecem dentro da glândula e são muito comuns. Ainda não se sabe a causa. Estima-se que 1/3 das mulheres adultas tenham nódulos. E a incidência aumenta com a idade. As pesquisas mostram que se você fizer um ultrassom de rastreio em todas pessoas acima de 50 anos, metade delas descobrirá um ou mais nódulos tireoidianos. E com o avanço da tecnologia, a qualidade do ultrassom aumenta e detecta nódulos cada vez menores.

 

A maioria dos nódulos, mais de 90%, são benignos – não são câncer, não vão matar. Muitos deles não vão nem crescer. Mesmo se forem malignos, o tratamento é bastante eficaz e as chances de cura são muito boas!

 

É perigoso ter nódulo na tireóide? Pode matar?

 

O grande medo dos meus pacientes é o câncer. Alguns chegam bastante ansiosos pois a primeira coisa que fazem ao descobrir um NÓDULO é buscar no Google, e o que encontram muitas vezes é que é CANCER. Nódulo na mama, no pulmão, no pâncreas são extremamente preocupantes, pois se forem malignos ,tem alto potencial de matar. Já o câncer de tireóide cresce lentamente e dificilmente dá metástases à distância, por isso não há motivo para se preocupar em excesso, pois 99% dos casos de câncer de tireóide são curáveis se o tratamento for feito adequadamente.

É comum eu receber pacientes encaminhados de outros colegas médicos com uma punção do nódulo de câncer ou suspeita de câncer que chegam desesperados por causa desse diagnóstico. Mas a verdade é que as chances de escapar são muito boas, não há necessidade desse alarme todo!

 

Como saber se tenho nódulo na tireóide?

Hoje em dia a forma mais comum de descobrir um nódulo na tireóide é através do ultrassom cervical, solicitado por inúmeros motivos. Apenas 5% dos nódulos são palpáveis. Outros exames também podem mostrar, como a tomografia, ressonância e o PET-TC feitos por outra indicação. Os nódulos também podem ser descobertos ao exame físico – ao palpar o pescoço, ao se olhar no espelho, às vezes alguém observa o nódulo enquanto você esta falando ou comendo. Nódulo na tireóide em homens muitas vezes são percebidos ao fazer a barba, quando notam que a tireóide está aumentada.

 

Quais os sintomas dos nódulos sólidos na tireóide?

A maioria dos nódulos são assintomáticos! Não causam NENHUM sintoma. Isso depende do tamanho do nódulo – quanto maior ele for, maior a chance de comprimir estruturas ao redor, como a traquéia e o esôfago, causando entalo ou engasgos. Porém isso só ocorre em nódulos volumosos, com mais de 4cm. Em nódulos menores alguns pacientes apresentam esses sintomas mas a causa pode ser outra – como doença do refluxo ou mesmo ansiedade. A maioria dos nódulos são frios, não produtores de hormônios, por isso não costumam causar sintomas sistêmicos como perda de peso, queda de cabelo, palpitações.

 

Nódulo na tireóide dói?

É raro, mas pode doer. Na tireoidite aguda, uma inflamação da glândula, ela pode ficar dolorida. Mas na maioria dos casos não vai ter dor alguma. Alguns pacientes vem com uma queixa de dor na garganta – não deve ter relação com a tireóide, pois fica localizada do lado de fora, anterior a traquéia.

 

Qual é o tratamento?

 

Na maioria dos casos – NENHUM. Os nódulos muito pequenos, menores do que 1cm, muitas vezes não precisam ser puncionados, apenas repetir o ultrassom com frequência para saber se estão crescendo ou não, e realizar exames de sangue para ver se os hormônios estão OK. Nódulos maiores talvez precisem da punção da tireóide para saber do que se trata. Se for câncer ou suspeito de ser câncer, deve ser indicado a cirurgia.

Ah doutor, mas não existe um remédio para desmanchar o nódulo?

Não, não existe…

Essa avaliação sobre a necessidade de puncionar ou não, o acompanhamento ou a cirurgia da tireóide deve ser feita com o cirurgião de cabeça e pescoço.

leia mais sobre os nódulos!

Baixe já o seu guia!

Receba o ebook GRATUITO!
50% Completo

Você está quase lá! Adicione seu email para receber o Ebook!

Baixe gratuitamente o seu Guia sobre Nódulos Tireoidianos!

Também odeio spam, não irei te enviar emails desnecessários

Sobre o Autor

Dr Jônatas Catunda
Cirurgião de Cabeça e Pescoço
CRMEC 14951

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, em Cirurgia Geral pelo IJF, e em Cirurgia de Cabeça e Pescoço pela UFC. Faz Mestrado em Cirurgia na UFC, pesquisando hipoparatireoidismo em tireoidectomias.

Atende em 3 locais em Fortaleza e em várias cidades do interior do Ceará, faz cirurgias por convênios, pelo SUS e particulares a preços acessíveis no Hospital Nova Saúde, o primeiro Hospital do Brasil a oferecer cirurgias a preço popular.

Saiba mais!

Copyright © 2018 Dr Jônatas Catunda